Qualidade de Vida

09.01.2012 - Como ter menos stress

Para consultor, é preciso enfrentar as dificuldades

Por Anderson Bontorim

Ainda não encontrei quem não queira menos stress e mais sucesso. No aspecto profissional, pessoal, familiar ou social, o sucesso é tão desejado quanto o stress não é. Stress significa o prejuízo que um corpo sofre quando submetido a uma pressão que não consegue suportar. É a perda das forças físicas ou emocionais. Ele retira o potencial de realização, o que gera mais perturbação.

Mas deixar de fazer algo para, assim, evitar o stress não é uma solução. Quanto menos você fizer, menos alcançará o que deseja. Se evitarmos situações sem aprender a resolvê-las também não criaremos nada e viveremos acomodados apenas com o que nos rodeia. Talvez seja uma condição um tanto medíocre.

Por isso, criar soluções para controlar o stress é a saída mais eficaz. Controlar não é subjugar, nem submeter à força, mas é conseguir lidar com situações e pessoas. E para conseguir tal feito, é preciso primeiro ter o controle do que se pensa e se faz..

Quando o outro define e te impõe o que deve pensar e você acaba pensando diferente da sua vontade, ele roubou seu poder. O mesmo acontece com o que você sente ou faz. Quando você reage mal à ação do outro, sem ter discernimento, você entregou seu poder. E uma pessoa que entrega seu poder se anula. Isso diminui seu potencial de realização produtiva, e com o passar do tempo, o resultado é de stress intenso.

Para resolver as dificuldades que geram stress intenso, minha recomendação é seguir três passos: o primeiro é “querer superar”. Pare de se lamentar e decida se você, de fato, deseja, ou não, resolver a questão. Você deve assumir sua parcela de responsabilidade sobre o problema, não importa qual é a situação. A questão é que você está sendo afetado e deve decidir se vai resolver ou vai continuar assim. Você sempre poderá fazer algo a respeito. Não porque teve culpa, mas porque isso lhe estressa.

O segundo passo para resolver o problema que gera stress é “saber como resolvê-lo”. E isso tem a ver com as escolhas. O terceiro passo é “fazer”. Coloque em prática o que decidiu. E se der tudo errado, você terá outro problema, mas diferente do primeiro. Tomaz Edson teve que experimentar inúmeras alternativas para ter seu problema resolvido: uma lâmpada acesa. Talvez o seu problema seja muito menor do que o de Edson, ou talvez seja maior. Ainda assim, resolvê-lo exige que você queira, descubra como e faça!

Andersom Bontorim é palestrante e consultor profissional. Sócio-fundador da  Academia MasterSapiens e autor dos livros “Como Controlar e Vencer o Estresse” e “Sem Estresse & Com Sucesso". 

Compartilhe
Comentários (5)
Veja também
Abilio Diniz
m.uol.com.br