Qualidade de Vida

20.04.2012 - Sabedoria indiana

Busque a felicidade dentro de você

Mariana Teodoro

“Se você tivesse uma semente de dinheiro, o que você faria com ela? Obviamente, você plantaria para ver o resultado na tentativa de ficar rico e, logo, se decepcionaria porque sementes de dinheiro não são reais. Mas e seu dissesse que sementes de alegria e paz não são ficção. É isso mesmo, todos podem ter felicidade, mas, para isso, é preciso plantá-la e cultivá-la dentro de si”.

Foi com essa parábola que o líder indiano Prem Rawat, que viaja o mundo para falar sobre paz, iniciou um discurso para 1.400 pessoas no início do mês, em um teatro, na capital paulista. Sua mensagem independe de raça, religião ou cultura. Seu objetivo é simplesmente ajudar as pessoas a resgatarem sua sede interior e mostrar que elas mesmas possuem seu próprio oásis para saciar tal sede.

“Ninguém nasce católico ou mulçumano. A família diz que você é isso ou aquilo. Ninguém nasce querendo estudar ou trabalhar. A sociedade ensina a você escolher um emprego. E nessa caminhada, esquecemos do que realmente está dentro de nós”. Para estimular os seus ouvintes a buscarem respostas dentro de si em contrapartida aos estímulos externos, o líder indiano pergunta: O que você quer nesse mundo? O que está acontecendo dentro de você?

É assim, com questionamentos, reflexão e meditação que Prem Rawat acredita que é possível encontrar o que está em nosso coração. Segundo o indiano, dar atenção até à própria respiração pode mostrar o quanto somos sortudos e vitoriosos por termos a oportunidade de viver. “Se as pessoas não dão atenção nem ao bem mais precioso que temos que é respirar, como podem ser felizes?”, indaga.

Para o líder, essa desvalorização interior faz com que as pessoas passem pela vida medindo sua felicidade e satisfação pelas coisas que elas não possuem e não pelo o que elas têm. Esse pode ser, segundo Rawat, um dos motivos de tanta infelicidade hoje. "Absolutamente nada que esteja do lado de fora pode trazer paz se a pessoa não estiver feliz consigo mesma. Fundamentalmente a felicidade começa dentro de cada um”, diz.

E se o ser humano deixa a felicidade interior, o mundo também não vive em paz, ressalta Rawat. Talvez seja também a razão de tanta intolerância e violência. “Temos o costume de apontar o dedo para o outro e dizer “que absurdo”, mas esquecemos que somos parte do problema. Se hoje não há paz no planeta, isso é resultado do que está acontecendo com as pessoas. Quando a paz interior é alcançada por cada um de nós, tudo se encaixa no seu devido lugar e se estabiliza perfeitamente”, conclui o líder indiano. 

Se você gostou do texto, leia também:

A paz é possível
http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/a-paz-e-possivel.htm

Escolha ser feliz
http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/escolha-ser-feliz.htm

Valorize-se
http://abiliodiniz.uol.com.br/qualidade-de-vida/valorize-se.htm 

Compartilhe
Comentários (3)
Veja também

Abilio Diniz
m.uol.com.br